DITR - Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural
DITR – Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

A DITR é a Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural, deve ser apresentada por toda pessoa física ou jurídica que seja proprietária, titular do domínio útil.

O Imposto Territorial Rural – ITR incide sobre os imóveis localizados fora das áreas urbanas dos municípios. 

A data de entrega é fixada, anualmente, pela Receita Federal do Brasil. Em 2020, a DITR deverá ser apresentada no período de 17 de agosto a 30 de setembro de 2020 pela Internet, por meio do Programa ITR 2020. 

Aspectos importantes

Leia também: Constitucionalidade dos honorários de sucumbência contra a fazenda pública será considerada pelo stf

Primeiro o cuidado que o produtor proprietário rural deve ter ao informar o valor da sua terra nua na declaração e, outro aspecto muito pouco tratado que são possíveis reflexos e efeitos do DITR na apuração do imposto de renda.

A alíquota é maior para propriedades de maior área e baixo grau de utilização, de modo a desestimular os grandes latifúndios improdutivos.

Quem tem uma propriedade rural ou parte de uma propriedade seja pessoa física ou jurídica deve recolher o tributo, quem não pagar vai receber multa.

Essa declaração que se estende até usufrutuários de propriedades rurais deve faze la e, não é só pela questão da multa que terão por não ter feito essa declaração.

As consequências são maiores se a declaração for mal feita, se a pessoa não declarar exatamente aquilo que tem dentro da propriedade, poderá pagar mais, poderá ter consequências se não determinar por exemplo a sua reserva legal, senão algum tipo de app.

Para que seja descontado o imposto, a sua produção pode se tornar improdutiva se a declaração for mal preenchida.

O valor da terra também merece a atenção na hora da declaração, isso porque muitas vezes, as prefeituras municipais são encarregadas da atribuição desse valor, e se o valor estiver muito alto o proprietário terá que contestar esse valor, ou se estiver muito baixo poderá implicar em consequências depois se for vender a propriedade.

Em qualquer dúvida na hora de preencher a DITR, se deve procurar um agrônomo, técnico em agropecuária ou até mesmo o sindicado da cidade, afim de obter as informações necessárias para uma declaração eficaz.

Voltando a lembrar que o prazo é até dia 30 de setembro, assim sendo o tempo é considerável amplo para arrumar os detalhes, concertar alguma coisa que possa estar em desacordo com aquilo que a propriedade realmente contém.

Até a questão das benfeitorias que não entra um imposto às vezes que a prefeitura coloca, sobre elas não devem se dirigir o tributo, então tudo isso é importante que o produtor tenha essa atenção na hora de fazer a sua declaração.

  VEJA TAMBÉM
Tribunal de Justiça de São Paulo suspende majoração de ICMS em Ovos de Páscoa
Ativos intangíveis devem ser amortizados no Imposto de Renda Pessoa Jurídica e na Contribuição Social Sobre o lucro liquido de empresas optantes pelo regime de lucro real
Associações do setor de carnes questionam no STF a validade de normas no Estado de São Paulo
Supremo decide pela constitucionalidade na vedação de compartilhamento de informações prestadas ao Regime de repatriação de ativos
Presidente do CNJ, Ministro Luiz Fux, acredita que a reforma tributária pode refrear a judicialização excessiva.
É Inconstitucional a cobrança de ITCMD sobre doações e herança na ausência de Lei Complementar, decide STF.
Setor de serviços e comércio envia documento formal à Secretaria do Governo …
Ministro da Economia pretende adiar pagamento do Simples Nacional para o próximo ano
Câmara do Comércio Exterior estabelece alíquota zero para importação de revólveres e pistolas
Teto para multa em decorrência da dívida de ICMS é de 20% da atividade tributável
STJ acaba com a obrigatoriedade de certidão negativa para a homologação de recuperações judiciais
Projeto de Lei busca maior transparência nas ações dos fiscos.
IBGE afirma que PIB brasileiro cresceu mais de 7% no terceiro trimestre de 2020
A antecipação da revogação de benefício de PIS e Cofins para o mercado varejista será julgada pelo STF
ABAT vai analisar carga tributária sobre bens digitais
Fórum Tributário Nacional discute Reforma Tributária com empresas privadas
Projeto de Lei retira benefícios Tributários de empresas que realizem atos discriminatórios contra seus funcionários.
2ª Turma do STJ decidiu pela incidência de IR e CSLL na correção monetária de investimentos.
Cerca de 3 mil empresas inadimplentes do Simples Nacional podem ficar fora do Regime tributário.
Receita, CNJ, PGFN e CARF, farão acordo para analisar processos do contencioso tributário.
7ª Turma do TRF 1 mantem isenção de IPI para compra de automóvel a portador de orteoartrose primaria e contusão no joelho.
Projeto de Lei Complementar cria nova possibilidade de pagamento de tributos estaduais e municipais.
STJ decidiu que os custos com material não podem ser excluídos do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica com lucro presumido.
TRF3 mantém condenação de empresário por sonegação milionária.
Seguindo entendimento do STF, 6ª Turma do STJ definiu ser indispensável a contumácia na ausência de recolhimento de ICMS para caracterização de crime tributário.
TRF1 decidiu que a conversão do depósito em renda é suficiente para extinção de execução fiscal.
Empresa recebe liminar para reinserção no Simples Nacional após exclusão por inadimplemento de baixo valor
2ª Turma do TRF4 decidiu pela extinção do crédito tributário quando o pagamento é realizado no período de 20 dias após a notificação.
STF decidiu que é constitucional a determinação de alíquotas maiores, quanto à Contribuição ao PIS e à Cofins, para empresas importadoras de autopeças.
Mandado de segurança Coletivo que buscava suspender a exigibilidade de PIS e COFINS é extinto.
Next
Prev
Leave a Response

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nosso blog